sexta-feira, 17 de julho de 2015

O verdadeiro governante do planeta

Sanguessugado do Bourdoukan

Georges Bourdoukan

 

Espanha quebrou.

Portugal quebrou.

Grécia quebrou.

Irlanda quebrou.

E falando claramente, a Europa está quebrada, os Estados Unidos também.

Mas os bancos estão cada vez mais robustos.

Alguém tem dúvidas sobre quem governa o planeta?

Eles é que decidem quem continua no poder e quem deve ceder o lugar.

O melhor exemplo é Berlusconi.

Que reinou como quis até o momento em que recebeu ordem para arrumar as malas.

Era um intocável.

Era.

Mas quem são esses bancos?

A quem pertencem?

Será que eles não têm face como nos querem fazer crer?

Dirão: bancos quebraram, outros fecharam, outros estão agonizantes.

Bobagem.

Os bancos pulverizados não passam de meros varejistas que são sempre sacrificados para manter as aparências.

O grande banco tem nome e endereço e há séculos manipula o sistema a seu bel prazer.

É o banco da família Rothschild.

Que desde o século XIV reina.

Seja o governo monarquia ou republica, capitalista ou socialista.

Jamais sofreu qualquer abalo, nem mesmo durante todas as guerras ou revoluções que afligiram a humanidade.

Até a Alemanha nazista teve que se curvar diante de seu poderio econômico.

Ou alguém acha que as guerras se ganham apenas com armas?

Não se esqueçam que sem fundos não se compra armamento.

O banco da família Rothschild controla também, através de prepostos, a mídia e a industria de entretenimento.

É tão poderosa essa família que controla até a Organização das Nações Unidas (ONU) que foi criada principalmente para criar o Estado de Israel.

E ameaçar e apoiar a invasão de nações que se recusam a se curvar ou entregar seus tesouros.

Alias essa família é tão poderosa que possui o titulo de “Guardiã do Tesouro do Vaticano”.

Quem quiser aprofundar esse texto, e ele precisa ser muito mais aprofundado e detalhado, basta consultar a História.

Alguém se habilita?

           E a luta continua!

Um comentário:

  1. No filme Barão de Mauá, com o Paulo Beti, nos podemos constatar esta tenebrosa verdade escravagista que o Bourdoukan está expondo.
    Mas, quem quer ver? Quem pode, com esta televisão "lavando" e doutrinando cérebros, corações e mentes?

    Sinto muito, sou grato.

    ResponderExcluir

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.