segunda-feira, 15 de junho de 2015

Chupim e sionismo, tudo a ver

Sangussugado do Bourdoukan

Georges Bourdoukan

tico-tico alimentando um chupim

É impossível observar o chupim sem que venha a tona a imagem do sionismo.

O chupim, como os leitores do blog já sabem, é uma ave da família Molothrus bonariensis.

É conhecido também pelo nome de vira-bosta.

A exemplo dos euro-sionistas que invadiram a Palestina, ele também tem o hábito de vandalizar o ninho de outras aves para depositar seus ovos.

O faz sorrateiramente.

Como os sionistas.

Aguarda silenciosamente que a ave abandone o ninho para se alimentar e ali deposita seus ovos.

Mas antes suprime os ovos do tico-tico com o bico.

Escrevo esse pequeno texto porque o meu neto de 3 anos, assombrado pelo que via, me chamou a atenção.

E o que ele viu?

A mãe tico-tico alimentando carinhosamente o filhote de Chupim como se fora seu.

O chupim é muito maior que o tico-tico, muito maior e eternamente esfomeado.

A pobre mãe se desdobra para alimentar a desmesurada cria.

Que não cessa seus pios até a satisfação plena.

Que leva horas.

O sofrimento dura até a independência total da ave.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.