terça-feira, 7 de outubro de 2014

Vou ficar triste por você, mas não vou lamentar

GilsonSampaio

O triste vai ser quando as férias forem reduzidas a uma ou duas semanas, a licença maternidade for reduzida a uma semana, o 13º for reduzido ou suprimido, a licença por luto dançar, a multa de 40% para despedimentos acabar, o seguro-desemprego sumir etc.

Vou ficar triste por você, mas não vou lamentar, faz parte do aprendizado.

Aí, talvez, você aprenda a formar a sua própria opinião, independente da mídia que te alienou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.