segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Justiceiro do Paraná desmoraliza o stf



Bob Fernandes



Gilmar Mendes fazia política no Supremo, concedia habeas corpus polêmicos e batia no PT. Gilmar era amado, incensado e brilhava nas manchetes.
.
Os que amavam e aplaudiam Gilmar Mendes agora o odeiam e o atacam.
.
Na Folha, Monica Bergamo relata: advogado amigo de Moro é acusado de intermediar negociações com a Lava Jato.
.
Carlos Zucolotto é o advogado amigo de Moro. Padrinho do seu casamento com a advogada Rosangela. Ex-sócia de Zucolotto.
.
Quem acusa é o ex-advogado da Odebrecht, Tacla Duran... Duran é acusado de lavar dinheiro e integrar organização criminosa.
.
Tacla Duran tentou, mas não conseguiu fazer delação premiada. Com dupla nacionalidade, refugiou-se na Espanha.
.
Livre, Duran acusa: Zucolotto, amigo de Moro, tentou negociação para "melhorar" os termos da delação.
.
Zucolotto responde: "Não existe verdade" nessa história. Moro garante. Seu amigo "Zucolotto é profissional sério e competente".
.
Moro lamenta a utilização da "palavra" de um "acusado pela justiça brasileira".
.
Cabe uma pergunta: o que é a "palavra" de todos delatores da Lava Jato senão a de "acusados pela justiça brasileira"?
.
Em 29 de Março, do ano passado, Moro pediu desculpas ao Supremo. Por ter vazado conversas entre Lula e Dilma.
.
À época Moro foi criticado por Teori Zavaski. O ministro Marco Aurelio Mello foi duro e claro:
.
-Isso é crime, está na lei. Ele (Moro) deixou a lei de lado.
.
Moro acaba de dar entrevista ao New York Times. Esqueceu o pedido de desculpas. Disse não se arrepender pelo vazamento das conversas entre Lula e Dilma. E acrescentou:
.
-A democracia ganha quando as pessoas aprendem o que seus líderes fazem nas sombras.
.
Filme da Lava Jato estreia em setembro. O convite para alguns jornalistas incluía passagem e hospedagem.
.
O juiz Gilmar Mendesagora experimenta súbita conversão: do amor ao ódio, do Supremo ao chão. Já Moro foi idealizado juiz Supremo.
.

São amores, dissabores e contradições da República do judiciário. E de juízes escorados por manchetes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.