segunda-feira, 3 de julho de 2017

Temer e o que foi fazer no mato a Maria Chiquinha

Sanguessugado do Tijolaço

Fernando Brito

mato

O G1 mostra que Michel temer mandou instalar – a esta altura, a esta altura! – uma fileira de vasos de plantas à frente da entrada social do Palácio do Jaburu,  o que faz lembrar da cantiga sem-vergonha dos tempos de juventude, com parentes na roça:

O que que você foi fazer com  Gilmar, Maria Chiquinha?

Maria Chiquinha estava com o presidente do Supremo, com o homem responsável por seu julgamento na acusação a que responde.

Mas agora, Maria Chiquinha pode ir pra trás do mato sem ter que dar explicações a “Genaro, meu bem”.

Pode dizer que foi comer jamelão fora de época.

Neste domingo, houve uma pequena movimentação na residência oficial, mas não foi possível identificar a identidade dos visitantes em razão do paredão verde. A assessoria do Planalto não informou quem eram as pessoas que foram ao Jaburu neste domingo.

Então, Maria Chiquinha, a gente pode pensar de tudo.

Até que foi lá o recém liberto Rocha Loures.

Maria Chiquinha não aprendeu a ser mulher de César.

Não é e nem parece honesta.


E a moita não é o suficiente para disfarçar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.