quarta-feira, 14 de junho de 2017

Relação de amor entre TEMER, MEIRELLES e ITAÚ


Nota do bloguezinho mequetrefe: Até 2016 o atual presidente do BC, Ilan Goldfajn , era Economista Chefe e Sócio, Itaú Unibanco (abr/2009 - mai/2016).

Se o presidente (ilegítimo) da república e o atual ministro da fazenda (ex-banqueiro) demostrassem ao povo brasileiro o mesmo amor que transmitem aos bancos, possivelmente estaríamos numa situação mais equilibrada.

O banco ITAÚ registrou um lucro estratosférico de R$ 44,9 bilhões (2015-2016), certo? (1). Será que este lucro tem alguma relação com o sangue e as lágrimas derramadas pelas pessoas que não conseguem ter acesso, com dignidade, a uma saúde pública de qualidade no Brasil?

No final do ano passado, quando o desgoverno do Rio de Janeiro decretou estado de calamidade, TEMER liberou R$ 19,5 milhões para auxiliar a saúde da população fluminense (2). Entretanto, no início deste ano, o mesmo TEMER acabou com o programa das FARMÁCIAS POPULARES, alegando economizar R$ 100 milhões por ano (3). Será que podemos devolver os R$ 19,5 milhões e ter o programa de volta?

Em abril deste ano (2017), o governo do mesmo cara que roubou os R$ 100 milhões dos remédios destinados aos mais pobres decidiu perdoar uma dívida tributária de R$ 25 bilhões do banco ITAÚ (4). Em 2016, dentre os bancos que operam no Brasil, o ITAÚ foi o que mais lucrou. Diante deste absurdo, nem o jornal O Globo conseguiu omitir a notícia, mas claro que houve certa adaptação na manchete: “Carf decide a favor do ITAÚ em processo de R$ 25 bi de impostos” (5). Vale destacar que o Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) é um órgão submetido ao Ministério da Fazenda e que o atual Ministro da Fazenda, o Sr. Henrique Meirelles, foi presidente internacional do BankBoston. Meirelles trabalhou neste banco por 28 anos e só saiu de lá em 2002, quando se aposentou com 57 anos. Não esqueçamos que ele é um dos principais defensores da reforma da previdência, a qual eleva a idade mínima de aposentadoria para 65 anos. Para fechar com chave de ouro, já que estamos falando de bilionários, precisamos registrar que o BankBoston foi vendido para o ITAÚ em 2006, coincidência?

Estes R$ 25 bilhões perdoados dos “amigos banqueiros” poderiam financiar as farmácias populares do país por 250 anos!


Os bancos estão no centro de todas as operações financeiras deste país. Como é que bilhões de euros, dólares e reais entram e saem do Brasil com tanta facilidade? Derrubar a lógica desse sistema é o primeiro passo para conquistarmos uma sociedade mais justa. Não tenha vergonha de se indignar com isso! Os bancos matam milhares de pessoas por dia ao roubarem recursos que deveriam estar sendo aplicados em saúde e educação de qualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.