quinta-feira, 22 de junho de 2017

PONDO A FOFOCA EM DIA (de ler com fralda)

feicibuqui do Francisco Costa

Oiiiiii! Bom dia, meninos! Bom dia, meninas!

Morta de saudades, três meses sem publicar nada, desanimada, me sentindo estuprada por um gorilão de pau pequeno, que decepção!

Nem com topada, tropeção e porrada nas costas esse país vai pra frente, tá ancorado no Jaburu, Saravá!

O chaveirinho do capeta foi pra Rússia, já falei? Foi vender carne pro Joesley e Nióbio pro Popó, comissão gorda como o Heráclito, falar em Heráclito, o Aloysio cruzou com a Marta e nasceu o Holiday, aquele vereviador de Sampa, namorado do Dória Mata Mendigo.

O prefeito do Rio de Janeiro a dezembro nas mãos do Cabral e Cunha, se desculpou afirmando que a prefeitura não alertou para os riscos de inundação para não gerar pânico na população, e todo mundo se afogou na maior tranqüilidade, é um homem santo, o fdp, às 18:00 h a defesa civil alertou sobre a aproximação de uma frente fria, com chuvas moderadas, mas ninguém ouviu, entre soterrados, afogados, refugiados e irmãos em oração: seca, Senhor! O temporal tinha começado duas horas antes.

Carnaval que é bom, agora só se for gospel, imagina os enredos das escolas: “No dia em que o Mar de Deus ficou Vermelho”, “Malafaia, o Mico, as Rolas e o Homem”, “Janaína, a Heroína Louca”, “Moro, Hitler Reencarnado”... Falar em Moro, o seu Edson Faquinha tirou os processos do Lula das mãos dele, me disseram que ele ligou pro Tantã Punhetol: arranja mais palestras pra gente porque a fonte tucana secou.

E o Bibelô do Satanás na Rússia, já falei? Recebido pelo Office boy que serve cafezinho pro Putin, “oi, seu Michê, oi, dona Martela Friboi, vem comigo que o táxi está esperando”, mais importantes que pandeiro em velório, tudo a ver, o intérprete russo desesperado com a bela do Drácula,

Nóis quiria cunhecê o seu Lenin, mi dissero que ele mora aqui”.

Já o STF, Soltamos Todos os Financiadores, soltou a dona Andréa Mocréa, o Frederico cara de Penico e adiou a prisão do Mineirinho. Ah, soltou aquele médico estuprador também, o que estava condenado a 181 anos de cadeia, a juíza concluiu que não oferece mais riscos às mulheres, brochou, mas também, se chamar Abdel Massih já é uma condenação, desde menininho, foi uma condenação injusta, diga-se, se a mulherada o procurava porque queria engravidar, ele só dava uma ajudinha, falar em STF, ontem uma multidão de 150 pessoas, segundo os organizadores, e 148, segundo a Polícia Militar, foi para o STF gritar volta Dilma, até o Gilmar chegar na janela e gritar que porra é essa aí? A Dilma não está aqui. Já pra casa! E voltaram todos para o Facebook.

Semana passada a minha sogra, é, a velha charuteira, esteve aqui em casa, veio visitar o filho, afffff, o Aécio está passando por isso por inveja dos petralhas, a JBS é do Lula, armaram pra cima do Temer, para impedir as reformas, eu confio no Moro... Um cheiro de enxofre na sala, do carai, só se acalmou quando o filho, é, o meu marido, o Pinto Morto, falou da igreja dele, nos nosso quintal, tá de vento em popa, agora ele está vendendo água do Jordão, Jordão é o cara da birosca da esquina, que vende água mineral, e tome-lhe testemunhos: a minha espinha espetou o meu coração, o médico desenganou, mas bastou um capo d’água do Jordão, uma oferta e três dias de corrente e a minha espinha sumiu, aleluia! Eu sentava na rola, cheirava cocaína, votava no Aécio, mas a água do Jordão me regenerou, agora não sento, só acaricio, nada de cocaína, só maconha e vou votar no Bolsonaro, amém!

Segura a onda que Lula vem aí.

Tchau, petralhada do meu coração. Se ver o Caiado diz que o touro reprodutor que ele comprou é viado.


Hermenegilda Dadivosa – Cronista política e social, Mãe de Santo na Bancada Evangélica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.