terça-feira, 6 de junho de 2017

Bob Fernandes| Mano Brown: “O comandante é o mais corrupto, pego com a mão na cumbuca... Diretas Já”



Bob Fernandes



 



Rocha Loures, ex-assessor de Temer, foi preso no sábado. Loures, aquele filmado correndo com R$ 500 mil da JBS/Friboi numa mala.
.
Expectativa de delação a ser feita por Loures. Boataria sobre Loures em outro grampo telefônico. Em sociedade tudo se sabe. Com redes sociais, se sabe na mesma hora.
.
No domingo, showmício com dezenas de milhares de manifestantes no Largo da Batata. O rapper Mano Brown, do Racionais MC's, deu a letra. Disse:
.
-De repente o comandante é o mais corrupto, foi pego com a mão na cumbuca... Flash, perdeu malandro, já era, sai...Diretas já.
.
Outra letra quem deu, para Pedro Venceslau do Estadão, foi Elsinho Mouco. Marqueteiro de Temer, Elsinho foi delatado por Joesley, da JBS/Friboi.
.
Elsinho acusado de, a pedido de Temer, ter recebido R$ 3 milhões em propina da JBS na campanha de 2010.
.
Elsinho agora conta. Em maio de 2016 recebeu de Joesley R$ 300 mil e uma ordem: "Eu pago, vamos derrubar essa mulher".
.
"Essa mulher" era Dilma. A quem Joesley se referiu como "ingrata, grossa e incompetente".
.
Elsinho revela detalhes de como se deu parte do financiamento do movimento "Fora Dilma".
.
¬Cita "empresários, sindicatos patronais e movimentos sociais"...
.
...Aqueles "Movimentos" obscuros comandados por figuras obscuras para produção de notícias tão obscuras quanto.
.
Segundo o marqueteiro de Temer, com a dinheirama, também obscura, contratavam carros de som, bandanas, pagavam por bandeiras, assessoria de imprensa...
.
Elsinho esquece de citar os "pixulecos", mas acrescenta:
.
-Teve gente que comprou camisa da seleção brasileira e foi pra rua. O Joesley estava nessa lista; ele se ofereceu para custear o monitoramento digital nesta fase.
.
Só agora começa a ser contada a História da Farsa montada para ascensão de Temer, hoje um zumbi.
.

"O comandante pego com a mão na cumbuca", Segundo a letra dada por Mano Brown

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.