terça-feira, 28 de março de 2017

Asnécio, a história, assim como ocorrido com Silvério dos Reis, lhe fará justiça.

GilsonSampaio


Romeu Campos    27 de março de 2017 21:39


Bons tempos quando tínhamos uma condessa a frente de um órgão de informação. Condessa Pereira Carneiro e o JB travaram luta contra esta praga que hoje domina a nação. 

Tal de oligopólio midiático. 

Hoje temos consciência de que infelizmente se tratou de luta inglória. Houvesse hoje um órgão como o JB daqueles tempos e esta escumalha de cabeça oca o tarjaria de ferramenta de comunistas. Eles todos se merecem ou são merecedores de: mídia golpista, coxinhas paneleiros, terceirizados quarteirizados, aposentados sepultos, Aécistas, Bolsonaristas, Temeristas. 

A tragédia que ora aqui ocorre já estava em andamento na Europa. 

E os paneleiros antolhados e conduzidos por toda esta picaretagem midiática, seguiram direto para o abatedouro e, desculpe o elevado calão em se tratando de quem se trata, foderam com meio mundo junto. 

Escracharam com a democracia, onde eleitos de mãos e pés limpos são derrubados segundo os interesses da reencarnação do espírito traíraço histórico de Joaquim Silvério dos Reis, incorporado no Asnécio Never(more) destes nossos insanos dias, mancomunado com todos os saqueadores das Terras de Vera Cruz.


Asnécio, a história, assim como ocorrido com Silvério dos Reis, lhe fará justiça. Tenha um pouco de paciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.