terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Salvo conduto e o justiceiro do Paraná

GilsonSampaio

A Constituição Federal garante que ninguém pode ser obrigado a produzir provas contra si.

Do alto da sua prepotência, arrogância, soberba e auto-deificação o justiceiro-golpista do Paraná parece que esqueceu-se disso e vai fornecendo de boa uma vasta coleção de provas de sua parcialidade e sanha persecutória para a defesa de Lula.

Parece esquecimento, mas não é o caso. É a cumplicidade e a conivência, ambas de fascistas, de uma suprema corte pra lá de desmoralizada que garante sua impunidade.

Mas está tudo bem, tudo muito bom, qualquer coisa ele já anunciou que tem salvo-conduto do império terrorista.

Restará apenas como pena a sua desmoralização internacional: fascista lacaio do império terrorista.


E, viva Miami.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.