sábado, 1 de outubro de 2016

Um diálogo (pra lá de sábio)

Sanguessugado do Bourdoukan

Georges Bourdoukan

Dois burros conversavam quando um perguntou ao outro:

- Imagina você que quando um humano quer ofender a outro humano o acusa de burro. Por que será?

- Não tenho a mínima idéia.

- Quando será que isso começou?

- E quem sabe?

- Realmente é estranho isso...Humano chamar o outro de burro como ofensa.

- Talvez porque chamá-lo de humano fosse ofensa maior.

- Você acha?

- Claro! Você já viu algum burro explorar outro burro?

- Não.

- Você já viu algum burro oprimindo outro burro?

- Não.

- Você já viu algum burro abandonar a cria?

- Não.

- Você já viu algum burro sem teto?

- Não.

- Você já viu algum burro sem terra?

- Não.

- Você já viu algum burro torturando outro burro?

- Não.

- Você já viu algum burro declarando guerra a outro burro?

- Não.

- Você já viu algum burro invadindo o país de outro burro?

- Não.

- Você já viu algum burro matando ou morrendo em nome de Deus?

- Não.


- Então, qual ofensa é maior, chamar de burro ou de humano?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.