quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Ensaio geral: o Melô da Melação na Lava Jato, veja com Gilmar e Janot

Via TV Gazeta

Bob Fernandes





A revista Veja noticiou: Dias Toffoli, ministro do Supremo, teria sido citado em pré-delação por Leo Pinheiro, da OAS.

A OAS, a pedido, identificou infiltração na casa de Toffoli. O ministro contratou uma empresa e pagou pelo conserto.

O ministro Gilmar Mendes acusou procuradores de vazarem esse enredo contra Toffoli. E atacou: procuradores se acham "o ó do borogodó" por terem "atenção" da Mídia.

Gilmar acrescentou: "Esses falsos heróis vão encher cemitérios". E cobrou:

-Estão (procuradores) possuídos por teoria absolutista, de combate ao crime a qualquer preço (...) Não se combate o crime cometendo crime.

Para Gilmar, quem defende validar provas ilegais desde que "obtidas de boa fé" é "cretino absoluto".

O juíz Moro defendeu tal tese no Congresso, assim como procuradores.

Na Teologia, Poder Infinito, Perfeito e Divino, quem tem é Deus. No céu.

Na Terra, a resposta do Procurador Janot para Gilmar é confissão para a História:

-A gente vaza aquilo que tem. Se não tem informação, não vaza.

No "Petrolão", no "Mensalão", tudo vazou e vaza. Sobre tanto, silêncio quase absoluto do ministro Gilmar... Até agora.

Dilma e Lula tiveram parte de conversa gravada ilegalmente, e vazada. Teori e Marco Aurélio Mello, ministros, criticaram o juiz Moro. E...seguiu o enterro.

Gilmar Mendes disse, então, que importante era discutir "o conteúdo", não o grampo e vazamento ilegais.

Claro. Porque ali se buscava, como no filme Casablanca, prender "os suspeitos de sempre".

"Tríplex do Lula". Meses de vazamentos. Manchetes estrondosas em telejornais, revistas, rádios, jornais... Lembram?

Bem, a Polícia Federal conclui inquérito e não incriminou, não indiciou Lula. E dai? Daí, serviço feito. O "Inimigo Número 1" que se dane.

Por ora, cancelada a delação da OAS; além dos "suspeitos de sempre", tem citação de doações ilegais para campanhas de Temer, Aécio, Serra, Marina...

Reveladora pergunta e resposta de Janot sobre esse Melô da Melação na Lava Jato:


-A quem e por que a Lava Jato está incomodando tanto? Essas reações nos últimos dias me fizeram pensar muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.