sexta-feira, 13 de maio de 2016

Briga no covil: quem será o mais entreguista venal?: Serra ou Moreira


 Sanguessugado do Tijolaço

Nota do bloguezinho mequetrefe: foi esse aborto da natureza que deu fim aos CIEPs de Darcy Ribeiro e Brizolla.


Temer oficializa Moreira Franco como “gerente de vendas” do Brasil.

Fernando Brito

venas


Depois de algumas horas de perplexidade por não encontrar Moreira Franco na lista formal dos ministros do Governo Temer, logo ele que é o porta-voz e predileto do usurpador, desfez-se o mistério.

Temer acaba de assinar seu primeiro ato como presidente; uma medida provisória que cria um Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que vai cuidar das concessões na área de infraestrutura:  concessão de portos, aeroportos, rodovias,  ferrovias .

Tudo comandado por  um conselho para este programa, que será presidido por Temer com representantes dos ministros da área econômica, dos Transportes, Casa Civil, Meio Ambiente e BNDES, mas chefiado na prática por uma Secretaria Executiva dirigida por Moreira Franco.

Moreira já avisou que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e Programa de Investimento em Logística (PIL), deixarão de existir, ficando tudo o que implicar em vender ou conceder sob sua direção. E que as agências reguladoras ficarão  meio “de lado” nestas questões: quem manda é ele.

Na prática isso vai afastar o que eles acham que são os entraves burocráticos das concessões: o negócio é passar logo nos cobres o que há e entregar na bacia das almas o que ainda está no papel.


Quem quiser saber o que é colocar Moreira Franco para cuidar de investimentos públicos, é só ligar para algum amigo carioca ou fluminense de mais de 40 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.