quarta-feira, 27 de abril de 2016

Um fio de esperança: O esculacho planetário do STF

GilsonSampaio

Em tempo difíceis qualquer fio de esperança é uma esperança. 

Que se convide juristas estrangeiros de comprovada moral ilibada e saber jurídico - artigos raros na atual composição do supremo, para 'testemunharem' a cassação da presidenta no STF.

Se vai surtir efeito no sentido de se fazer justiça, não sei.

Sei que seria um fator constrangedor e poderia, eventualmente, em nome do descomunal ego de cada um dos ministros detonar um surto de preservação da história de cada um deles.

Ah, e a soberania do país?

Ora, depende do conceito de soberania que cada um tem.

Se for a soberania dos golpistas que anseiam por caírem de quatro para os EE.UU, essa eu dispenso por ser incomensuravelmente desprezível.

Além do mais é comum o envio de 'fiscais' da ONU para acompanharem a lisura de eleições em diversos países onde a credibilidade da política e da justiça não são lá muito confiáveis.

 Então, porque não trazer 'fiscais' para testemunharem o golpe?

E com essa possível vinda de 4 ou 5 juristas internacionais é certo que a imprensa mundial também daria uma atenção maior ao golpe perpetrado. A pressão seria enorme e o instinto de preservação seria aguçado, fora a exceção de praxe.

Suas excelências (pelo menos algumas), disso não duvido, entrariam no plenário com a lata de lixo da história e a própria biografia debaixo da toga e dificilmente teríamos que ouvir:

Não provas contra a presidenta, mas eu voto pela cassação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.