sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

A GUERRA SUJA DO PETRÓLEO POR TRÁS DA CRISE



Via Agencia Petroleira de Notícias -

A queda do preço do petróleo é parte da guerra suja dos Estados Unidos contra seus inimigos: Rússia, irã, Iraque, Venezuela e também o Brasil, todos afetados pela crise provocada deliberadamente.

 


Arábia Saudita, principal produtor mundial, cuja produção é controlada pela Exxon-Mobil, inundou o mercado de óleo. No Brasil, os problemas da Petrobrás são consequência dessa conjuntura. O reallity show da "Lava Jato" contribui para detonar a imagem da companhia diante da população, mas não é o principal fator econômico gerador da crise. É sobretudo um fator político. Nada disso é por acaso. Quem manipula as cordas nesse cenário em que nos tornamos marionetes é o grande capital, são os interesses do Império, o lado negro da "força", como explica em detalhes o especialista entrevistado no vídeo a seguir:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.