terça-feira, 22 de dezembro de 2015

EUA: Em 2014, overdose matou mais pessoas do que acidentes de carro


Segundo o Centro de Controlo de Doenças e Prevenção (CDC) dos EUA, a heroína e os opiáceos foram responsáveis pela maioria das mortes. Dados foram divulgados no sábado pelo jornal inglês The Guardian.


A nível nacional, mais de 47.000 pessoas morreram devido a uma overdose, o que representa um aumento de 7% face ao ano anterior.

O CDC assinala que 61% das mortes se deveram ao consumo de opiáceos e heroína. Para o diretor deste centro, o acréscimo, de 14%, do número de overdoses relacionadas com o consumo de opiáceos é verdadeiramente “alarmante”.

“A epidemia de opiáceos está a devastar as famílias e as comunidades americanas”, destacou Tom Frieden.

O aumento do número de mortes por overdose é comum a homens e mulheres, em não-hispânicos brancos e negros e em adultos de quase todas as idades.


Os estados com mais casos de mortes por overdose são West Virginia, New Mexico, New Hampshire, Kentucky e Ohio.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.