domingo, 15 de novembro de 2015

Maradona: "Minhas condolências aos mortos em França, Síria, Líbano e na Palestina"



Depois dos ataques em Paris, Diego fez um post no Facebook, onde ele observou que "a violência é injustificável"

Diego Maradona condenou os ataques terroristas na sexta-feira em Paris que levaram à morte de 129 pessoas e mais de 300 feridos em um (EI) operação coordenada e reivindicado pelo estado do grupo Jihad Islâmica, mas também destacou os mortos no Oriente Médio. "A violência é injustificável. Minhas condolências pelos mortos, tanto em França como na Síria, Líbano e Palestina," Maradona escreveu em sua conta do Facebook.


Sete ataques em diferentes partes da capital francesa deixou pelo menos 129 mortos e centenas de feridos. Na verdade uma das bombas atingiu a porta para o Stade de France, onde eles tocaram a França ea Alemanha. Um terrorista tentou entrar no estádio, mas descobriu que ele tinha uma bomba e fez a sua fuga explodiu-lo em um gateway.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.