segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Os dez cartazes mais inacreditáveis do 16/08

Sanguessugado do Fórum

Neste domingo de protestos contra o governo de Dilma Rousseff, Fórum selecionou as mensagens mais absurdas que correram as redes. Confira

Por Redação

Neste domingo (16), diversas cidades brasileiras sediaram protestos contra o governo de Dilma Rousseff. Como de costume, os manifestantes levaram às ruas faixas e bandeiras com mensagens que, em sua maioria, pediam o impeachment da presidenta, criticavam o Partido dos Trabalhadores e o ex-presidente Lula ou clamavam pelo retorno dos militares ao poder.

Fórum selecionou os dez cartazes mais inacreditáveis que correram as redes sociais neste 16/08. Confira:

cartaz1

cartaz2

cartaz3

cartaz4

cartaz5

cartaz6

cartaz7

cartaz8

cartaz9

cartaz10

Um comentário:

  1. Quem mandou não fazermos nossos deveres de casa... Agora a coisa complica. Tudo está absoluta/mente ligado a tudo. Dos sem terra, teto, juízo e toda sorte de sem aos com tudo na escassez planejada de tudo pelos donos das casas grandes do mundo.
    E agora; os "Wireless", os sem fios. Trans humanismo robótico. Adoradores da escravidão. Perdidos no espaço do labirinto do nada. O mais tenebroso pesadelo.
    Nossa alma divina e perfeita é imortal. Cuidemos muito bem de nossos sentimentos pensamentos. Consciência é a sabedoria que constrói o nosso destino. Isso faz toda a diferença enquanto batemos as nossas asas cruzando os inimagináveis infinitos oceanos de escolhas.

    Assustador ter que assistir (outra vez) este filme de terror remaquiado como se fosse roliudiana novidade em cartaz. Lavagem cerebral da pesada. Pesadíssima!

    Psicopatia cíclica recidivante deve ser o nome dessa disfunção programada no subconsciente desses escravos maquinais.

    Sinto muito, sou grato.

    ResponderExcluir

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.