terça-feira, 21 de julho de 2015

Goverbo francês propõe elite de seis países para dominar o “resto” da Europa

Via Esquerda.net

Governo francês quer só seis países a mandar na zona euro

Presidente francês defende a criação de um governo de elite da zona euro. Manuel Valls avança que deverá ser composto pelos países fundadores da União Europeia.

 

O modelo proposto por Hollande prevê a criação não só de um governo, mas também de parlamento e orçamento comuns

O presidente francês publicou este domingo um artigo no Journal du Dimanche, em que defende a criação de uma “vanguarda” da zona euro “com países que decidirão”.

Apesar de François Hollande ter deixado em aberto os países integrantes desse clube restrito, o primeiro-ministro Manuel Valls, num discurso proferido em Avignon no domingo à tarde, avançou que a “vanguarda” deverá ser composta por “França, Alemanha, Itália, Bélgica, Luxemburgo e Holanda”, por serem os “países fundadores da União Europeia”.

O executivo de Angela Merkel ainda não respondeu à proposta de Paris, que pretende consagrar formalmente o projeto europeu “a duas ou várias velocidades”.

O modelo proposto por Hollande prevê a criação não só de um governo, mas também de parlamento e orçamento comuns, compostos e financiados pelos países integrantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.