segunda-feira, 18 de maio de 2015

Onze perguntas ao juiz Moro e ao MP

Sanguessugado do Miro

Por Bepe Damasco, em seu blog:

1) Por que os senhores permitem o vazamento seletivo de informações sigilosas do processo da Lava Jato para a mídia, feito sob medida para incriminar o PT e o governo, antes, durante e depois das eleições?

2) Já que as empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato fizeram doações para todos os grandes partidos, por que apenas as doações feitas ao PT são criminalizadas?

3) Se as acusações envolvem quadros de vários partidos, por que só petistas e gente ligada à Petrobras durante as gestões do PT no governo federal são presos?

4) Por que, entre os tesoureiros dos partidos que receberam doações, apenas o do PT está preso?

5) Por que o senhores se negam a investigar o esquema de propinas na Petrobras durante os governos de FHC, conforme denunciou em depoimento à CPI o corrupto confesso Pedro Barusco?

6) Delações premiadas precisam ser investigadas e provadas. Ainda mais porque o delator tende a falar aquilo que agrada às autoridades, tendo ralo compromisso com a verdade. Por que os senhores dão fé pública à palavra de criminosos?

7) Se os investigados são acusados de crimes em vários estados, como justificar, do ponto de vista legal, que as prisões se concentrem no estado do Paraná?

8) Prisões por quatro ou cinco meses, sem nenhuma condenação contra os investigados, não transforma a constitucional presunção de inocência em uma ilegal, abominável e desumana presunção de culpa?

9) À luz da ética do direito é justo um encarceramento prolongado, que serve como pressão psicológica para o acusando aderir à delação?

10) Como o senhor avalia a declaração de voto do ministro Teori Zavascki, na votação do habeas corpus para os empreiteiros, que comparou as prisões prolongadas para arrancar delações a um retrocesso "medieval que cobre a nação de vergonha?"

11) Não lhes causa nenhum constrangimento a tabelinha que os senhores fazem com o cartel da mídia, cujo interesse político nos amplos espaços concedidos à Lava Jato é de conhecimento público?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.