sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Os vampiros de sonhos

Sanguessugado do Crônicas do Motta

Carlos Motta

Eles mentem, difamam, caluniam, injuriam, espalham boatos mentirosos, partem para a violência física, agem como se estivessem numa guerra.

Contam, nessa tarefa insana de provocar a instabilidade social e econômica no Brasil, com importantes aliados: praticamente toda a imprensa, emissoras de rádio e televisão, vários portais da internet, juízes, delegados de polícia, promotores públicos, empresários, banqueiros, ruralistas, parlamentares, prefeitos, governadores - enfim, os 10% mais ricos da nação.

Estão bem articulados, dispõem de amplos recursos financeiros, devem até mesmo ter o apoio e o suporte de forças externas, também interessadas em destruir o trabalhismo brasileiro e se apoderar das riquezas nacionais.

Todo o esforço de propaganda perpetrado por mais de uma década deu resultado: hoje, até muitos classe-médias remediados, que ascenderam a esse estrato social recentemente, veem o PT e os petistas como campeões da roubalheira, ignorando fatos históricos, a própria lógica e até mesmo a realidade do dia a dia, que salta a seus olhos.

É como se milhões de pessoas tivessem sido vítimas de uma droga alucinógena, que, além de embotar os sentidos, destrói toda a possibilidade cognitiva cerebral, transforma o indivíduo num idiota, incapaz de raciocinar por si próprio.

Os artífices dessa monumental farsa, cujo desenlace ainda é imprevisível, se mascaram de salvadores da pátria, moralistas incorruptíveis e sábios incontestáveis.

Não se observa, porém, por parte deles, sequer uma ideia original, inovadora, criativa, para o novo Brasil que pretendem impor à custa de toda espécie de trapaças.

Não se vê um plano de governo, um projeto de nação, nada.

Formam, todos eles juntos, um imenso deserto, pontuado aqui e ali por miragens fantasmagóricas de intolerância, ódio, preconceitos, xenofobia e discriminação.

O novo Brasil que eles pretendem construir é aquele que a sua personalidade revela: hipócrita, injusto, medieval, obscuro, fundamentalmente triste.

É isso, eles querem tirar a alegria do brasileiro.

Eles se nutrem somente da infelicidade geral.

São vampiros de almas, vampiros de sonhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.