quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Por que a Coreia do Norte assusta tanto?

Sanguessugado do Bourdoukan

Sabe-se que mais de 90 por cento dos frequentadores da mídia não têm o mínimo interesse pela Coreia do Norte.

Por que então a mídia da tamanha importância à saúde de Kim Jong-un?

Comercial?

Não é.

Ideológica?

Não é.

Educacional, turística e outras mais?

Também não.

Por que tanto regozijo midiático quando anunciam que a saúde do líder supremo do país vai mal?

Simples.

A Coreia do Norte é uma potencia Nuclear.

Os Estados Unidos já tentaram por diversas vezes invadir o país.

As ameaças de invasão pela turma que se locupleta com o sangue dos seus e dos outros, foram inúmeras, mas recuavam sempre na Hora H.

A Coreia do Norte estava sempre com o dedo no botão nuclear.

Pronto para disparar.

Coreia do Norte não possui a riqueza de um Iraque, de uma Líbia.

Ou de uma geografia como o do Afeganistão e da ameaçada Síria.

Mas ao contrario dessas nações, possui o que há de mais precioso hoje para revidar a qualquer tentativa de invasão e ocupação.

Possui a Bomba Atômica que qualquer nação que se preze, que se autodenomine de nação, precisa ter.

Se até uma tribo como Israel possui, por que o Brasil não pode ter?

Pense nisso, se você acredita que o seu país é uma nação.

Crianças coreanas felizes e seus violões mágicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.