sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Midia canalha: Há 25 anos, a “grande mídia” associava sequestro de Abílio Diniz a Lula

GilsonSampaio

Que demora é essa para lembrar as eleições de 1989 e o sequestro de Abílio Diniz?

Grande parte do eleitorado sequer sabe do ocorrido.

Após a prisão dos sequestradores a polícia ao apresentá-los exibiu camisetas de campanha do Lula.

Fato desmentido logo após as eleições.

A direita tenebrosa e mídia inclusa não têm constrangimento algum em ser canalha.

Sanguessugado do Limpinho e Cheiroso

Golpe do PIG: Há 25 anos, a “grande mídia” associava sequestro de Abílio Diniz a Lula

Abilio_Diniz04_Sequestro

Amadeu Leite Furtado

Na manhã de 11 de dezembro de 1989, o empresário Abílio Diniz, do grupo Pão de Açúcar, foi sequestrado quando se dirigia a seu escritório. Seus sequestradores eram estrangeiros militantes do Movimento de Esquerda Revolucionária, do Chile.

Diniz foi libertado na véspera da primeira eleição direta para presidente da República após o regime militar, disputada por Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva.

Na época, a “grande mídia”, para não permitir que um trabalhador assumisse a Presidência, associou o sequestro ao PT e, principalmente, a Lula. Depois das eleições, ficou provado que os sequestradores não tinham ligação com entidades brasileiras e, sim, com as Forças Populares de Libertação de El Salvador, que colaborou no planejamento da ação.

Por isso, fique esperto. Não se deixe enganar por notícias e pesquisas mentirosas veiculadas no Partido da Imprensa Golpista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.