quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Arte: O Irã não é uma caverna de lagos sulfurosos e fogo

Sanguessugado do Chá-de-Lima da Pérsia

Arte e Natureza no Parque Laleh em Teerã

 

Será um museu a céu aberto em Teerã?

O parque Laleh,  localizado na avenida Keshavarz em Teerã está recebendo atualmente um festival de Land Art, ou seja, esculturas e instalações que interagem com o meio ambiente. Segundo a organização do festival, todos os materiais utilizados na criação das obras foram retirados da natureza e não agridem o  ambiente. A land art é uma modalidade de arte contemporânea que está começando a ser explorada pelos artistas iranianos com muito sucesso, e muitas se comparam em qualidade com obras de artistas de outros lugares do mundo. O evento é encabeçado pelo artista visual Ahmad Nadalian, que já organizou 30 festivais de land art ao redor da aldeia de Polur, seu local de residência perto do monte Damavand. Nadalian também organizou um grupo de artistas que em breve criará obras de arte em estações do metro de Teerã. O festival do parque Laleh começou neste domingo e permanecerá e até o dia 1º de Abril.

As esculturas interagem principalmente com as árvores do parque

Trazendo formas inusitadas...

E um espetáculo de cores surpreendentes!

Uma atmosfera futurística...

E também nostálgica...

As intervenções ora são sutis...

...ora extravagantes!

O povo do Irã ama as cores

Gostam de relembrar a grandeza de seus antepassados

Ensaiando a liberdade de voar

Entre a discrição e a ousadia

Olhar para a natureza na perspectiva das formigas...

Ou na perspectiva dos humanos?

Recordando que viemos do pó...

Baseado em Payvand

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.