segunda-feira, 30 de abril de 2012

Oposição apresenta enxurrada de requerimentos na comissão para diluir o foco das investigações

Via Hora do Povo

O PSDB e o DEM apresentaram, na quarta-feira (25), mais de 70 requerimentos à CPI do Cachoeira – muitos deles repetidos, pedindo que sejam ouvidas 16 pessoas.

Entre tantos os requerimentos apresentados para as oitivas, a oposição deixou de fora, por exemplo, o senador Demóstenes Torres (sem partido/GO) e os parlamentares que estariam envolvidos com Cachoeira. A revista ‘Veja’ também não foi incluída. Além do compartilhamento dos inquéritos, os oposicionistas pediram para que o dono da construtora Delta, Fernando Cavendish, seja ouvido. Apesar de pedirem para que Marconi Perillo (PSDB) seja ouvido, trata-se de manobra da oposição para diluir o foco das investigações. Perillo está tão visado que se não o convocassem iria dar na vista.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB/SP), que coordena os deputados do partido que fazem parte da CPI, conta ter chegado às 8h50 para apresentar os 43 requerimentos do partido – e encontrou um assessor do DEM, que já estava lá desde 6h30. A manobra da oposição para desviar o foco das investigações incluiu ainda a tentativa de criação de sub-relatorias, buscando enfraquecer o trabalho do relator Odair Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.