terça-feira, 27 de março de 2012

Racismo Francês e midiático

Sanguessugado do Bourdoukan 

MohamedMerah nasceu na França.            

Portantoele é Francês.

Tornou-se argelino por obra exclusiva dos racistas governantes da França.

Argelino e muçulmano por obra exclusiva da mídia racista.

Mohamed é o suposto assassino de 3 estudantes e um professor de uma escola judaica.

Ede dois militares franceses de religião islâmica.

O suposto vai por conta de sua execução.

Poderia ter sido preso e julgado e aí todos saberíamos quem é esse infeliz e o que o levou a cometer, supostamente, os crimes.

Eu sou do tempo em que toda pessoa era inocente até prova em contrário.

Eu sou do tempo em que a mídia tinha alguma credibilidade.

Agora vejam como se comportam os racistas.

“Albert Camus é Francês”.

“Albert Camus é escritor brilhante”.

“Albert Camus é um dos orgulhos da França”.

Mas espera aí.

Se eu nasci no Brasil, sou o que?

Brasileiro,naturalmente.

MohamedMerah nasceu na França.

Como ele pode ser argelino se nasceu na França?

Albert Camus nasceu na Argélia.

Como ele pode ser Francês se nasceu na Argélia?

Alguém explica?

E por falar em racismo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.