sexta-feira, 30 de março de 2012

Demóstenes mentiu ao país quando disse que achava que Cachoeira havia abandonado atividades ilegais. Ele sabia que não

Sanguessugado do Mello


Logo que foi divulgado que a Operação Monte Carlo da Polícia Federal havia descoberto a íntima ligação entre o senador Demóstenes Torres e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, o senador declarou:

“Depois do escândalo Waldomiro Diniz, eu pensei que ele tivesse abandonado a contravenção, e se dedicasse apenas a negócios legais. Para mim, foi uma surpresa as revelações feitas por essa operação da Polícia Federal”.


Só que "o escândalo Waldomiro Diniz" aconteceu em 2004 e o diálogo de Demóstenes com Cachoeira, gravado pela PF, reproduzido aqui, aconteceu em 29 de abril de 2009.
Logo, Demóstenes mentiu, porque sabia que Cachoeira, em 2009, continuava com sua atividade ilegal, tanto que afirma:

O que tá aprovado lá é o seguinte:" transforma em crime qualquer jogo que não tenha autorização". Então te pega, né?

A imagem é de trecho de reportagem de Jailton de Carvalho publicada em O Globo de hoje e é transcrição de uma conversa gravada pela PF.
A seguir o áudio, conforme reportagem da TV Record, com dica que recebi da Fernanda Andrino e do Antonio Luiz MCCosta via Twitter.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.