quinta-feira, 30 de junho de 2011

Petição contra a contribuição dos países pobres ao FMI

Via Informação Incorrecta

Iniciativas Incorrectas: Proposta publicada. Agora é só assinar!

Informação Incorrecta de Max

Eis cópia do artigo de Iniciativas Incorrectas:

No dia 01 de Julho de 2011 foi publicada no site Petições OnLine o Pedido de revisão do sistema de contribuição do Fundo Monetário Internacional nos seguintes termos:

 

Pedido de revisão

do sistema de contribuição

do Fundo Monetário Internacional

Os assinantes da presente proposta,

CONSIDERADO

que o Fundo Monetário Internacional (de seguida designado FMI) é financiado com contribuições dos Estados Membros;

que as contribuições são expressas em percentuais do Produto Interno bruto (de seguida designado PIB) Per Capita;

que segundo os dados fornecidos pelo FMI, os Estados que mais contribuem em percentagem são os Estados que pertencem ao assim chamado "Terceiro Mundo";

PEDEM

que o FMI proceda a uma revisão urgente do sistema de contribuição, para que os Estados com menor capacidade económica possam ver as suas participações reduzidas e, nos casos mais graves, ser isentos do pagamento de tal participação contributiva.

Em particular, destacamos as condições económicas dos seguintes Estados, os quais apresentam um PIB extremamente reduzido e onde somas monetárias particularmente reduzidas constituem a fronteira entre a sobrevivência e a morte (dados do FMI, World Economic Outlook Database, Outubro de 2010):

Estado: Burundi

PIB Per Capita: 180 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 8,23

Estado: República Democrática do Congo

PIB Per Capita: 186 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 6,46

Estado: Libéria

PIB Per Capita: 226 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 21,10

Estado: Sierra Leoa

PIB Per Capita: 326 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 8,66

Estado: Zimbabwe

PIB Per Capita: 594 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 7,52

Estado: Guiné

PIB Per Capita: 448 U.S. Dólares

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 3,68

Como termo de comparação, eis alguns dados relativos aos Países desenvolvidos:

Estado: Emirados Árabes Unidos

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,32

Estado: Brasil

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,32

Estado: Estados Unidos de América

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,46

Estado: Italia

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,61

Estado: Reino Unido

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,76

Estado: Israel

Contribuição para FMI (% do PIB Per Capita): 0,79

Nota: O PIB Per Capita indica o valor anual.

 

Objectivo desta primeira fase é a recolha de 10.000 assinaturas; quota que uma vez alcançada poderá ser ulteriormente ampliada.

A iniciativa decorre actualmente em língua portuguesa e será nas próxima semana seguida por outras, idênticas nos termos, em línguas inglesa e italiana.

Lembramos que o Pedido de revisão é uma iniciativa independente do autor e dos Leitores do presente blog, sendo o mesmo desligado de qualquer movimento ou formação política, religiosa, económica ou de qualquer outra natureza.

Uma vez alcançado o objectivo final, as assinaturas assim reunidas serão envidas à atenção do Fundo Monetário Internacional, Sede central de Washington, Estados Unidos de América.

Para assinar a petição é favor clicar no seguinte link:

Petições OnLine - Pedido de revisão do sistema de contribuição do Fundo Monetário Internacional

Obrigado pela atenção.

Este foi a parte do trabalho mais simples. Agora vem a parte que requer mais trabalho.

Nos próximos dias serão tomada as seguintes acções:

- apresentação das versões em língua inglesa e italiana

- difusão da iniciativa trâmite e-mail dirigida a vários blog e sites de língua portuguesa

- idêntico procedimento com blog e sites de língua inglesa e italiana uma vez publicadas as respectivas versões da proposta.

- comunicado de imprensa para sensibilizar os meios de comunicação (língua portuguesa; inglesa e italiana a seguir).

- sensibilização dos Leitores de Iniciativas Incorrecta e de Informação Incorrecta para que seja possível publicitar a iniciativa no âmbito das próprias famílias/amigos/colegas.

- criação dum post que fique de forma permanente logo abaixo o título do presente blog, de forma a ganhar a máxima visibilidade.

Por enquanto não lembro de nada mais.

Ah, sim, uma coisa: assinem, s.f.f.!

Ipse dixit.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.