quinta-feira, 15 de abril de 2010

Vamos tirar o Brasil do vermelho

image

GilsonSampaio

Pela primeira vez vou concordar em gênero, numero, grau, cpf, atestado de vacina, título de eleitor, carteira de identidade, nada consta e folha corrida com a senadora Kátia “demo feudal” Abreu. Parabéns! Tô contigo e não abro: “Vamos tirar o Brasil do Vermelho. Invasão é crime!”.

Vamos tirar o Brasil do vermelho que tinge o campo com o sangue de mais de 1200 camponeses assassinados no campo.

Vamos tirar o Brasil do vermelho que tinge o campo com o sangue de trabalhadores escravizados.

Vamos tirar o Brasil do vermelho que tinge de sangue parte da produção do agrobiz.

Vamos tirar o Brasil do vermelho de vergonha por ser o único país em desenvolvimento que não fez a reforma agrária.

Invadir e se apossar de terras do governo, grilagem de terras públicas, é crime.

Invadir e comprar as consciências dos donos de cartórios para legalizar terras griladas, é crime.

Invadir e se apossar do poder público para expulsar camponeses, é crime.

__________________________________________________________

Há alguns meses Kátia “demo feudal” Abreu procurou o presidente do STF, ministro Gilmar Dantas, para entregar sugestões para resolver os conflitos no campo. Agora, a “demo feudal” lança essa campanha criminosa contra os sem-terra: “Vamos tirar o Brasil do vermelho. Invasão é crime!”

Coincidência?

Faltou pedir ao Gilmar Dantas para declarar o MST como movimento terrorista à Al Qaeda e implorar pela IV Frota americana.

Leia a nota da famigerada publicada no sítio dos demos, depois ouça a entrevista em que o camponês Juarez Vieira Reis acusa a senadora de ter lhe tomado as terras.

“A Confederação Nacional de Agricultura, CNA, anunciou o lançamento de campanha contra invasões de terra promovidas pelo MST. A campanha foi denominada “Vamos Tirar o Brasil do Vermelho. Invasão é crime!”.
A iniciativa é reação ao chamado "abril vermelho", do Movimento dos Sem-Terra, que prevê ocupações de fazendas e órgãos públicos durante este mês.
A presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, protocolou no Ministério da Justiça pedido de criação do Plano Nacional de Combate às Invasões, a exemplo do plano destinado ao combate ao crime organizado.
Ela pede também ajuda da Força Nacional de Segurança, Polícia Federal e Polícia Rodoviária para impedir novas invasões de terras. “O governo precisa garantir o Estado de Direito e combater essa quadrilha", justificou.
Além do documento, a CNA levou ao Ministério da Justiça um CD com cinco horas de imagens. Essas imagens mostram trabalhadores nas fazendas sendo torturados por integrantes do MST.”( o vídeo é tão inverossímil que a grobo recusou a oferta )




Kátia Abreu toma terra de camponês


Sobre doação ilegal

Ela é o mal

Lágrimas de cinismo

Em Copenhagen

Sobre meio ambiente

Devassa nos cartórios

Terra a preço de banana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são como afagos no ego de qualquer blogueiro e funcionam como incentivo e, às vezes, como reconhecimento. São, portanto muito bem vindos, desde que resvestidos de civilidade e desnudos de ofensas pessoais.
As críticas, mais do que os afagos, são benvindas.